Home / Lifestyle  / Panela ideal

Panela ideal

Que comida caseira é sempre a opção mais saudável todo mundo já sabe! Mas, e a panela? Qual a ideal para o preparo dos alimentos? E tem alguma que prejudique a nossa saúde ? Calma! A nutri

Que comida caseira é sempre a opção mais saudável todo mundo já sabe! Mas, e a panela?
Qual a ideal para o preparo dos alimentos? E tem alguma que prejudique a nossa saúde ?
Calma! A nutri Anny Veloso escreveu pra gente um post super completo explicando tudo que precisamos saber sobre o assunto:
Vamos falar um pouco sobre cada opção, e seus pontos positivos e negativos. No mercado temos as mais variadas opções de panelas, mas é bom conhecer cada uma antes de comprar, pois nem sempre a de valor mais alto é a opção perfeita.
Antiaderente
A queridinha das donas de casa, é de fácil higienização pois não gruda o alimento  epermite a utilização de menos óleo na sua preparação. Porém, requer um cuidado a mais e, se for riscada deve ser descartada, pois libera uma substância que pode prejudicar a nossa saúde.
Alumínio
É a mais comum, por ser mais barata e fácil de encontrar. Porém, ao longo do seu uso, pode liberar pequenas quantidades de alumínio (metal tóxico que se acumula no cérebro e tem relação com doenças Neurodegenerativas como câncer e Alzheimer). Portanto, deve ser evitada.
Inox
Aquece bem rápido, mantêm o calor do alimento e o tempo do preparo diminui, e isso gera economia. Além de ser de fácil limpeza.  Também devemos evitar riscar pois, contem Níquel, que é um metal tóxico. Existem opções sem o Níquel no mercado.

Vidro
Não é fácil de ser encontrada e está longe de ser a opção mais barata, mas é uma boa opção por não ser toxica e ser de fácil limpeza. Também permite a visualização do alimento. Mas cuidado com o seu manuseio, pois é bastante frágil.
Ferro
Outra boa condutora de calor, por isso é econômica. Tem o benefício de transferir o ferro da panela para o alimento, sendo ideal para pessoas com anemia. Pode interferir no sabor e na cor dos alimentos. Pessoas com excesso de ferro devem evitar este tipo de utensilio.
Barro
Muito versátil por poder ir no forno também. Não contem risco de toxidade, mas devemos ter cuidado com a higienização deste utensilio.
Cerâmica
Ótima opção por aquecer bem o alimento, ser econômica, antiaderente e de fácil higienização. Tem o custo um pouco mais alto, porém a durabilidade é infinita kkk. Devemos ter cuidado apenas com a tinta utilizada, pois em algumas marcas podem conter substâncias como alumínio e cádmio, que são toxicas. Já é fácil encontrar no mercado opções atóxicas.
 
E aí, já escolheu a sua?
Já deu para perceber que não existe isso de opção perfeita em relação a custo e benefício.
O ideal é pensar no seu dia a dia em relação a tempo, praticidade e menos risco a saúde.
*texto escrito pela nutricionista Anny Veloso

[email protected]

Mari Weckerle é arquiteta, gaúcha e especialista em gastronomia saudável! É a Criadora da Plataforma Digital Guria Natureba e curadora da SOW!

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.