Home / Lifestyle  / Vitamina D e Isolamento

Vitamina D e Isolamento

A vitamina D é muito importante para o nosso corpo. Com o distanciamento social, é comum que a gente acabe diminuindo o nosso tempo de exposição ao sol, mas precisamos achar maneiras de obter a

A vitamina D é muito importante para o nosso corpo. Com o distanciamento social, é comum que a gente acabe diminuindo o nosso tempo de exposição ao sol, mas precisamos achar maneiras de obter a quantidade necessária de vitamina D. A Dermatologista Gabriela Maldonado falou sobre o assunto no texto que escreveu para o site. 
 

 

  1. Por que a vitamina D é importante para o nosso corpo? E o que acontece quando não temos a “quantidade” adequada?

A vitamina D é importante para o metabolismo do cálcio e formação e manutenção dos ossos. Sua deficiência pode causar perda óssea e, se grave, fraturas. Também está envolvida em várias funções do organismo (cardiovasculares, sistema imune), mas ainda não há evidências científicas de que a sua suplementação possa melhorar a imunidade.
 

  1. Quais são as principais fontes?

Nosso corpo está programado para obter 80-90% da vitamina D através da ativação via sol. Alguns alimentos são ricos em vitamina D, mas em geral não conseguimos suprir toda a necessidade apenas através da alimentação. Algumas fontes são óleo de fígado de bacalhau, salmão selvagem, atum, sardinha, cogumelos, gema de ovo e queijo fortificado. 
 

  1. Por que precisamos de uma dose “diária” de vitamina D?

Aqui no Brasil onde a radiação é bastante alta no verão e o inverno mesmo no sul não é tão rigoroso nosso corpo consegue armazenar vitamina para utilizar durante o os meses de menor exposição.
 

  1. Por que então há pessoas com deficiência? 

Pode haver fatores genéticos envolvidos que ainda não estão bem claros e algumas pessoas não conseguiriam produzir além de um certo limite de vitamina D mesmo pegando mais sol. Nestes casos, depois de avaliação médica poderia se considerar suplementar. Outra coisa que se questiona são os valores de referência, que inclusive estão sempre sendo estudados e revistos, para se determinar qual seria um valor ideal de vitamina D para a nossa população.
 

  1. Qual é o melhor horário para pegar sol?

É necessária a exposição à radiação UVB, que é o tipo de raio solar que deixa a pele vermelha e ocorre das 10-15h. 
 

  1. Quanto tempo de exposição é necessário? 

O tempo pode variar com alguns fatores: 

  1. O tom de pele, mais clara precisa de menos tempo (a melanina atua como um filtro).
  2. Quanto mais próximo do Equador, menos tempo precisa porque a incidência de radiação é mais direta.
  3. Com a estação do ano: no verão índice de radiação UV é maior.
  4. Com a idade (idosos têm mais dificuldade de produção).

Então, não podemos afirmar exatamente quanto tempo uma determinada pessoa necessita de exposição, mas a exposição habitual por alguns minutos (15-30) dos afazeres diários costuma ser suficiente.
 

  1. Se estiver usando filtro solar ocorre a ativação da mesma forma?                     

O filtro solar diminui mas não impede a ativação, então se o tempo de exposição for prolongado devemos sim utilizar o filtro.
 

  1. Agora que estamos mais tempo em casa, pegando menos sol, como ter a quantidade de vitamina D necessária?

O ideal é consumir alimentos que contenham a vitamina, praticar exercícios físicos e manter a exposição habitual como estender roupas, passear com o cachorro, levar o lixo.
 

  1. Quando precisamos suplementar?

Quando houver deficiência no exame de sangue. A vitamina D deve estar em níveis normais. Sua suplementação em excesso é chamada de hipervitaminose e pode ter consequências graves no metabolismo ósseo e cardíaco. Não há comprovação que níveis elevados protejam contra a covid-19. A suplementação precisa ser indicada por um médico!
 
Texto escrito pela Dermatologista Gabriela Maldonado. 

[email protected]

Mari Weckerle é arquiteta, gaúcha e especialista em gastronomia saudável! É a Criadora da Plataforma Digital Guria Natureba e curadora da SOW!

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.