Home / Lifestyle  / Páscoa: como manter hábitos saudáveis em uma época tão gostosa

Páscoa: como manter hábitos saudáveis em uma época tão gostosa

Faltam poucos dias para a Páscoa e é praticamente impossível não pensar sobre os chocolates e as várias opções de ovos e de bombons disponíveis no mercado. Por isso, a Nutri Claudia Cervi explicou

Faltam poucos dias para a Páscoa e é praticamente impossível não pensar sobre os chocolates e as várias opções de ovos e de bombons disponíveis no mercado. Por isso, a Nutri Claudia Cervi explicou como manter hábitos saudáveis e ainda aproveitar muito essa época do ano:

Dizer que o chocolate está entre os doces mais apreciados do mundo não é nenhuma novidade! Sua matéria prima principal é o cacau, o qual é fonte de triptofano, responsável pela produção de serotonina, neurotransmissor que promove a sensação de bem estar e de felicidade. Além disso, é rico em vitaminas, mineiras e possui alto teor de antioxidantes, que ajudam na prevenção de doenças e envelhecimento. Apesar dos muitos benefícios à saúde, é importante saber diferenciar os tipos de chocolates e ter moderação na hora do consumo.

Os chocolates são encontrados ao leite, amargo, meio amargo e branco, com recheios e formatos diversos. A diferença básica está nas quantidades de massa de cacau, manteiga de cacau, leite e açúcar. O chocolate branco normalmente é o mais calórico, pois contém somente a manteiga de cacau e maior teor de açúcar em relação aos demais. Os chocolates mais amargos, por sua vez, são geralmente os mais saudáveis. Porém, para consumir o melhor produto e aproveitar o máximo dosseus benefícios, não basta somente olhar para o percentual de cacau que consta na embalagem. É necessário ler a lista de ingredientes. Os melhores chocolates possuem poucos ingredientes (no máximo 4), com a massa de cacau como o primeiro da lista (o açúcar deve vir depois) e sem adição de produtos artificiais ou de gordura vegetal hidrogenada.

Apesar das várias opções saudáveis existentes no mercado, é essencial estar atento, pois mesmo esses produtos podem conter uma lista de ingredientes bastante extensa, com aditivos artificiais e gordura hidrogenada adicionada. Ainda, é importante salientar que as opções diet (sem açúcar) são destinadas exclusivamente para os diabéticos e pré-diabéticos, pois normalmente têm gordura adicionada na sua composição, o que torna o chocolate diet ainda mais calórico e artificial. Se houver essa necessidade, é interessante priorizar por produtos com adoçantes naturais, como xilitol, eritritol, taumatina e stévia.

Seja qual for a sua opção nessa Páscoa (o ovo mais saudável ou o seu chocolate preferido), lembre-se de que você não precisa consumir um ovo inteiro de uma só vez! Curta o momento, coma com moderação, aprecie e saboreie o seu chocolate. Permita que essa Páscoa seja leve e livre de culpa!

[email protected]

Mari Weckerle é arquiteta, gaúcha e especialista em gastronomia saudável! É a Criadora da Plataforma Digital Guria Natureba e curadora da SOW!

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.