Home / Lifestyle  / 5 motivos para parar de usar protetores diários descartáveis

5 motivos para parar de usar protetores diários descartáveis

Os famosos protetores diários, aqueles mini absorventes descartáveis para colocar na calcinha, se popularizaram muito. A indústria dos descartáveis transformou esse produto em uma necessidade, usando justamente das inseguranças femininas com as próprias secreções naturais.

Os famosos protetores diários, aqueles mini absorventes descartáveis para colocar na calcinha, se popularizaram muito. A indústria dos descartáveis transformou esse produto em uma necessidade, usando justamente das inseguranças femininas com as próprias secreções naturais. Por isso, te trago aqui 5 excelentes motivos para repensar o uso!


1) REDUZIR A PRODUÇÃO DE LIXO

Cada mini absorvente usado por algumas horas vai para o descarte. E, obviamente, não são um resíduo reciclável. Como há vários componentes plásticos em protetores diários descartáveis, eles demoram muitos anos para se decompor. Já pensaram que toda nossa vida vai passar e o primeiro protetor descartável que utilizamos provavelmente vai estar aqui na Terra?


2) ECONOMIA

Convenhamos: é uma delícia não dar o seu suado dinheiro para gigantes empresas poluentes que lucram justamente com a necessidade de descarte desenfreado, né? Com o valor gasto em absorventes descartáveis de uso diário, você poderia comprar calcinhas novas – e de boa qualidade, para durarem muito mais tempo.


3) SEM ABAFAMENTO

Os protetores abafam a vulva e a virilha, gerando mais suor e mais cheiro. Não se engane: os perfumes contidos deles só pioram a situação. Esse abafamento causado por componentes sintéticos favorecem assaduras, alergias e claro, crises de candidíase.


4) NÃO É TÃO LIMPO ASSIM

Infelizmente, a gente tende a ter a impressão de “limpeza” em relação a tudo que é descartável. No entanto, já pesquisou a fundo sobre os processos que envolvem a matéria prima desses produtos? Será que temos real controle sobre isso? Onde e sob quais condições esse algodão é armazenado? Camada de algodão, mais várias camadas plásticas, mais o calor da região e a pele em contato com secreções e suor são um ótimo ambiente para a proliferação bacteriana. Vale questionar a nossa própria ideia de “se sentir limpa”, né? 


5) SE REACOSTUMAR COM A UMIDADE

Mini absorventes criam um círculo vicioso, no qual a vulva fica mais molhada para compensar a abrasão provocada por eles. Assim, parece mais necessário utilizá-los sem parar, para não se sentir tão molhada. Porém, vulvas precisam de umidade, assim como a boca precisa de saliva. Acreditem: ressecamento vaginal é muito mais incômodo do que se sentir úmida.


Evidente que tudo isso é um processo, e, estando nesse círculo vicioso, parece super difícil quebrar o hábito. Mas você pode tentar diminuir aos poucos, até parar. Vale apelar para o uso apenas para situações extremas – acampamento sem lugar pra lavar e secar as calcinhas, por exemplo.


Essas dicas são principalmente para quem usa como absorvente diário mesmo, para “proteger a calcinha”. Por que a calcinha precisa de proteção? Ela é quem existe justamente para proteger a nossa região íntima do atrito com as roupas!


Já para quem usa os protetores diários para escapes ou final da menstruação, vale considerar calcinhas mais grossinhas, protetores de pano reutilizáveis ou calcinhas menstruais. 


Enfim, adaptações às vezes não são fáceis, eu entendo. Mas buscar formas de ressignificar nossa relação com nossas vulvas, nossos fluidos e com o ambiente onde vivemos (e do qual fazemos parte) vale muito a pena. Depois que a gente se livra de vez, garanto pra vocês que não faz falta alguma!




@sow.gn é uma curadoria da Mari Weckerle, a @gurianatureba.

Você já nos segue no Instagram? Confere os outros posts, você vai amar!

Clica aqui para conferir outros posts sobre sexualidade.

[email protected]

Educadora menstrual, empreendedora social cofundadora da Escola da Menstruação e bióloga e professora de formação. Também é criadora da Diga Vulva, onde escreve e cria conteúdo sobre saúde, ciclos femininos e sexualidade. Acredita no poder do autoconhecimento e na visão positiva do corpo feminino. | @digavulva

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Poste um comentário

4 × dois =