Home / Lifestyle  / Sedentarismo e colesterol

Sedentarismo e colesterol

Você sabia que quatro em cada dez brasileiros tem os níveis de colesterol acima do considerado ideal? Como lidar com isso em plena pandemia? Começando pelo controle alimentar e introduzindo e exercício físico na nossa vida. Fácil? Para

Você sabia que quatro em cada dez brasileiros tem os níveis de colesterol acima do considerado ideal?


Como lidar com isso em plena pandemia? Começando pelo controle alimentar e introduzindo e exercício físico na nossa vida.


Fácil? Para algumas pessoas sim, outras adoram procrastinar. A Prof. Esp. Renate Reuwsaat, proprietária do Studio Pilates Renate R, escreveu sobre o assunto para o site.

Sugiro introduzir o exercício físico diário na sua rotina, com horário marcado e tudo. A atividade aeróbica é muito importante, assim como o exercício localizado e de força. Aumentar o nível do bom colesterol (HDL) é a nossa melhor chance de uma boa “faxina” para varrer a gordura das artérias e, assim, evitar entupimentos que causarão infartos ou AVC.


Segundo o pesquisador inglês Loughborough, em comparação com quem se exercita, um sedentário com HDL normal corre o risco 37% maior de morrer precocemente. Já entre os sedentários com HDL baixo, este risco sobe para 65%.


O movimento está diretamente ligado a quedas de pressão, no peso, na glicemia. SEJA AMIGO DO TEU PEITO!


Entenda um pouco mais:


HDL –  transporta substâncias que obstruem os vasos para o fígado. Malhar aumenta sua quantidade e eficiência.


LDL –  é o chamado colesterol ruim, que deposita a gordura nas artérias. LDL aumentado é sinônimo de infarto e derrame cerebral. O esforço físico reduz seus níveis. 


TRIGLICERÍDEOS  –  é uma gordura que em excesso que trava o fluxo sanguíneo. Ao suar a camiseta você derruba esse índice em 20%. 


O fumo e a má alimentação também são os grandes vilões para o aumento do colesterol.  Cada vez mais encontramos crianças que apresentam colesterol alto. O índice de obesidade infantil está aumentando no Brasil, na proporção dos adultos. O sedentarismo infantil, também deve ser enfrentado pelos pais.


Dicas para enfrentar a pandemia em casa:

– caminhe no corredor do prédio (caso não tenha academia), suba e desça as escadas.

– se o prédio tiver academia, marque um encontro diário consigo mesmo e vá!   

– não faça cargas maiores que o seu corpo está acostumado, não queremos lesões.

– assista lives de exercícios do seu professor ou academia e tente acompanhar.

– dê preferência para aula orientada ou online para correta execução dos exercícios e a utilização de carga e volume adequados para seu preparo físico.

– a cadeira, o sofá, a parede ou colchonete no chão são ótimos parceiros para um treino em casa.

– fazer brincadeiras em casa com filhos como pequenas gincanas e competições, podem ser, além de exercícios, ótimos para melhorar o relacionamento aproximando pais e filhos e deixando esse isolamento menos difícil para todos.


Pratique exercícios! Contate com seu personal e monte um programa para suas necessidades.Trace metas e não se afaste delas.Opte pelo viver com qualidade.


DEDIQUE UMA HORA POR DIA A SUA SAÚDE, seu coração agradece.


Texto escrito pela Prof. Esp. Renate Reuwsaat, proprietária do Studio Pilates Renate R.

[email protected]

Temos alma livre e sede de aprendizado. Aqui você vai encontrar muito conteúdo sobre beleza natural, cultura, sustentabilidade e viagens inesquecíveis. Vamos semear boas ideias juntos?

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Poste um comentário

dezenove − quinze =