Home / Lifestyle  / Manteiga x margarina

Manteiga x margarina

Você sabe qual a diferença entre a manteiga e a margarina? No post de hoje, escrito pela nutri Amanda Dias, você vai entender; além de saber qual a opção mais indicada para a saúde e o

Você sabe qual a diferença entre a manteiga e a margarina?
No post de hoje, escrito pela nutri Amanda Dias, você vai entender; além de saber qual a opção mais indicada para a saúde e o consumo! 🙂

A manteiga e a margarina possuem quantidades semelhantes de calorias, gordura e água. Porém, o que as diferenciam é o tipo de gordura da qual elas são produzidas.
A manteiga é um produto de origem animal formado a partir da nata do leite batida, a qual vira um creme de leite com soro e glóbulos de gordura. A parte líquida é retirada, restando a parte gordurosa – que é a manteiga que consumimos. Ela é rica em gorduras saturadas e colesterol, ácido burítico (bom para a saúde metabólica e intestinal), vitamina A (antioxidante e facilitadora da digestão das proteínas). Por ser produzida de forma natural e ser melhor digerida pelo corpo, ela é uma das opções mais saudáveis.

No mercado, existe, ainda, a opção da manteiga Ghee, a qual é uma forma clarificada de manteiga, com maior densidade nutricional do que a manteiga comum e com mais versatilidade ao ser usada na cozinha. Assim, a opção da manteiga Ghee apresenta-se ainda mais saudável do que a manteiga tradicional.

A margarina, por sua vez, é um produto de origem vegetal, feita a partir da hidrogenação de óleos vegetais como o de milho ou o de girassol; e, por ser um produto de origem vegetal, não possui colesterol.
Entretanto, no processo de hidrogenação (realizado para manter o produto sólido em temperatura ambiente) uma parte das gorduras insaturadas dos óleos vegetais se transforma em gordura trans, a qual aumenta o colesterol ruim e diminuiu o colesterol bom, potencializando as chances de inflamação no corpo e os riscos de problemas cardiovasculares.
Algumas marcas de margarinas se apresentam no mercado com tentativas de proporcionarem aos consumidores margarinas mais saudáveis, seja com a redução da quantidade de gorduras trans (através do processo de interesterificação) ou com a adição de vitaminas, ácidos graxos, ômega-3, fibras e outros. Mas nem por isso, deixam de ser alimentos mais processados e que contenham aditivos, corantes artificiais e emulsificantes. O que as tornam-nas, por si só, menos saudáveis que as manteigas.

No entanto, se você optar pela margarina, é importante sempre atentar-se para os seus rótulos e selecionar marcas livres de gordura trans.
Em última análise, a margarina e a manteiga são bem diferentes entre si, mas o quão saudável a margarina e a manteiga são, também vai depender muito do quanto você consome e das necessidades individuais de cada consumidor.
Vale lembrar que, ainda que o consumo de gordura na nossa alimentação seja importante para a absorção de vitaminas como a A, B e K, bem como para que nossos corpos funcionem corretamente; temos que nos ater ao fato de que o seu consumo em excesso pode nos prejudicar.
Assim, independentemente de qual seja a sua opção, vale lembrar que o consumo destas gorduras deve ser sempre com moderação, evitando qualquer tipo de excesso. E, o mais importante: nunca se esqueçam que um único alimento, por si só, não é o vilão. Uma alimentação pobre em nutrientes e pouco diversificada é o que faz estragos à saúde.
Por fim, lembrem-se que cada indivíduo possui uma dieta única e é de fundamental importância que esta seja adequada às suas necessidades. Qualquer dúvida, busquem a ajuda de um profissional da nutrição.

[email protected]

Mari Weckerle é arquiteta, gaúcha e especialista em gastronomia saudável! É a Criadora da Plataforma Digital Guria Natureba e curadora da SOW!

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Poste um comentário

17 + 16 =