Home / Lifestyle  / Cuide de suas calcinhas

Cuide de suas calcinhas

Guria, se prepara para esta informação que eu encontrei! De acordo com um estudo feito pela Faculdade Devry Metrocamp, em Campinas, as roupas íntimas – calcinhas, cuecas e sutiãs – podem abrigar 10 mil fungos

calcinha no varal

Guria, se prepara para esta informação que eu encontrei! De acordo com um estudo feito pela Faculdade Devry Metrocamp, em Campinas, as roupas íntimas – calcinhas, cuecas e sutiãs – podem abrigar 10 mil fungos e bactérias. 


Foram examinadas peças usadas, outras após diversas lavagens, e também novas, recém-compradas. Nas novas, 85% continham contaminação por bactérias resistentes e nas usadas, o número subiu para 92%.


Para os pesquisadores, a falta de higienização correta é o grande problema. Nas calcinhas e cuecas usadas estavam os maiores números de micro-organismos, muitos responsáveis por causar corrimento, dor, febre, alergia, ardência, irritação na pele, infecções de urina graves, além de inflamações.


Veja que perigo estamos correndo!


E agora eu te pergunto: será que você está cuidando das suas calcinhas da forma correta?


Para te ajudar, eu listei algumas dicas:


Atenção ao lavar

Não lave as calcinhas com sabão em pó ou outros produtos com aromas, como sabonete ou xampu. Utilize um sabão de glicerina ou neutro. Também não use amaciantes. Não precisa (mesmo!).


Também não deixe no cesto de roupa suja. Tirou, lavou.


Coloque para secar em local arejado

O box do banheiro não é lugar de deixar as calcinhas secando. “Ah, mas minha amiga faz e ela não fica doente!”. Bom, sua amiga faz errado e ela tem muita sorte em não tem uma infecção.


Estenda no varal, perto de uma janela, ou no varal da rua, se você tiver pátio, varanda ou sacada. Ah, não deixe do lado avesso, pois pode pegar pó, fuligem ou um inseto pode passar por ali (sim, quem duvida? Tudo pode acontecer.).


Não empreste

Sua calcinha é só sua e de mais ninguém! Assim como a calcinha da amiga é só dela! Se você tiver algum imprevisto, coloque um absorvente na sua própria calcinha e aguarde chegar em casa.


Comprou, lavou!

Comprou uma calcinha nova para impressionar o boy ou a girl? Então lave primeiro. Nada de usar a peça nova sem lavar. Credo! Viu ali na pesquisa que as calcinhas que saem das lojas também tem fungos e bactérias? Então, nunca mais faça isso.


Compre calcinhas de algodão

Deixe as calcinhas cheias de renda, ou os fio-dentais para ocasiões especiais ou para quando você quiser dar um up na autoestima. Para o dia a dia, dê preferência ao seu conforto e sua saúde, pois o tecido de algodão deixa sua pele respirar. Região íntima abafada é um prato cheio para proliferação de fungos.


Durma sem calcinha

Ah, isso eu não canso de dizer. Deixe sua vagina respirar! Sempre que possível, fique sem calcinha. Caso você não se sinta confortável, inicie dormindo sem calcinha. Du-vi-do que você não vá gostar. Depois, vá experimentando em outros momentos: tire para ficar em casa, tire para ir rapidinho na padaria,… kkkkk.


Coloque calcinhas velhas no lixo

Guria, calcinha surrada é igual à cueca velha do seu namorado. Você não morre de vontade de colocá-la fora? Pois faça isso com suas calcinhas. Tecido puído, furos, elástico frouxo são sinais de que você precisa renovar suas peças íntimas. Se uma calcinha nova é repleta de bactérias e fungos, imagina aquela que você usa durante anos!


Use ferro de passar roupas

Esse papo sobre higiene das calcinhas despertou a bacteriofobia em você? Calma, tenho mais uma dica. Use o ferro de passar roupas nos forros das peças. A maioria desses microorganismos não é resistente a altas temperaturas. Mas não use o vapor do ferro, pois a umidade vai colocar o processo a perder. Ferro de passar seco, ok?




@sow.gn é uma curadoria da Mari Weckerle, a @gurianatureba.

Você já nos segue no Instagram? Confere os outros posts, você vai amar!

Clica aqui para conferir outros posts sobre sexualidade.

[email protected]

A Ana é a a Vagi Sem Neura. Ela é fisioterapeuta pélvica especializada em reabilitação de disfunções sexuais femininas. Sua missão é disseminar conteúdo sem censura. Seu propósito é fomentar a educação e o empoderamento feminino por meio do conhecimento do próprio corpo. | @vaginasemneura

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Poste um comentário

17 − catorze =