Home / Lifestyle  / Dietas veganas e algumas orientações

Dietas veganas e algumas orientações

Apesar dos produtos alimentícios ricos em proteínas e gorduras de origem animal serem bastante consumidos e valorizados na cultura brasileira, como as carnes vermelhas e embutidos, algumas pessoas optam por não consumirem alimentos de origem

Apesar dos produtos alimentícios ricos em proteínas e gorduras de origem animal serem bastante consumidos e valorizados na cultura brasileira, como as carnes vermelhas e embutidos, algumas pessoas optam por não consumirem alimentos de origem animal.

Entretando, o mundo do vegetarianismo é mais amplo, rico e complexo do que a maioria das pessoas sabe! Então a nutri Helenice Rosa nos explicou mais sobre o assunto e ainda deu algumas dicas:

O indivíduo que segue a dieta vegetariana pode ser classificado de acordo com o consumo de subprodutos animais (ovos e laticínios):
Ovolactovegetariano é o vegetariano que utiliza ovos, leite e laticínios na alimentação.
Lactovegetariano é o vegetariano que não utiliza ovos, mas faz uso de leite e laticínios.
Ovovegetariano é o vegetariano que não utiliza laticínios, mas consome ovos.
Vegetariano estrito é o vegetariano que não utiliza nenhum derivado animal na sua alimentação.
Vegano é o indivíduo vegetariano estrito que recusa o uso de componentes animais não alimentícios, como vestimentas de couro, lã e seda, assim como produtos testados em animais.

Referência: SLYWITCH, 2012

Dietas veganas são inadequadas ao consumo humano?

Dietas veganas são saudáveis, nutritivamente adequadas e podem promover benefícios para a prevenção e tratamento de certas doenças. São apropriadas para todos os estágios do ciclo de vida, incluindo gravidez, lactação, infância, adolescência e idade adulta; são adequadas também para idosos e atletas. Dietas plantbased (baseadas em plantas e alimentos integrais) são mais ecologicamente sustentáveis, pois utilizam menos recursos naturais em sua produção, razão pela qual são associadas a menor dano ambiental.

Vegetarianos e veganos possuem menor risco de acometimento por certas doenças, incluindo doença cardíaca, diabetes tipo 2, hipertensão, determinados tipos de câncer e obesidade. Baixo consumo de gordura saturada e alto consumo de vegetais, frutas, grãos integrais, legumes, produtos à base de soja, oleaginosas e sementes (todos alimentos ricos em fibras e fitoquímicos) são características das dietas vegetariana e vegana, que produzem menos colesterol total e lipoproteína de baixa densidade (LDL), além de melhorar o controle da glicose sanguínea. Esses fatores contribuem para a redução de doenças crônicas.

Referência:  Position of the Academy of Nutrition and Dietetics: Vegetarian Diets. Melina V, Craig W, Levin S. J Acad Nutr Diet. 2016 Dec;116(12):1970-1980. doi: 10.1016/j.jand.2016.09.025.

Dietas veganas são capazes de suprir a necessidade total de proteínas do nosso corpo ao longo do dia?

As proteínas presentes em nosso organismo são todas sintetizadas pelo próprio corpo humano por meio da utilização de aminoácidos da dieta para esse processo. Os alimentos de origem vegetal também são fontes de proteínas e aminoácidos, e para o organismo, o importante é a ingestão de aminoácidos em quantidades totais adequadas, independendo se a fonte é de origem animal ou vegetal.

Alimentos de origem vegetal apenas possuem menores concentrações de aminoácidos por volume. Assim, a quantidade de alimentos de origem vegetal ingerida para a aquisição de aminoácidos pode ser maior que a exigida em dietas que incluem carnes.

Se você optar pela redução ou exclusão de carnes e outros alimentos de origem animal de sua dieta, consulte um nutricionista para obter auxílio profissional adequado. Assim, você fará essa transição mantendo sua saúde, bem-estar e de modo mais eficaz para a conquista de seus objetivos.

Referência:  Position of the Academy of Nutrition and Dietetics: Vegetarian Diets. Melina V, Craig W, Levin S. J Acad Nutr Diet. 2016 Dec;116(12):1970-1980. doi: 10.1016/j.jand.2016.09.025.

*Texto escrito pela nutricionista Helenice Rosa

[email protected]

Mari Weckerle é arquiteta, gaúcha e especialista em gastronomia saudável! É a Criadora da Plataforma Digital Guria Natureba e curadora da SOW!

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.