Home / Lifestyle  / Cuidados com a saúde socioemocional de seu filho durante o distanciamento social

Cuidados com a saúde socioemocional de seu filho durante o distanciamento social

Preocupado com a saúde socioemocional do seu filho durante o distanciamento social? Confere o texto que a Psicóloga Clínica Karina Brodski escreveu para o site! Pense sobre o que te mantém “nos eixos”. Aquilo que te

Preocupado com a saúde socioemocional do seu filho durante o distanciamento social? Confere o texto que a Psicóloga Clínica Karina Brodski escreveu para o site!

Pense sobre o que te mantém “nos eixos”. Aquilo que te ajuda a ficar ligado o suficiente para conseguir tudo o que você precisa e ao mesmo tempo não se sentir tão assoberbado. O que fazer neste momento tão ímpar?
Algumas pessoas fazem atividades físicas como: caminhadas, meditação, cantar, tocar algum instrumento musical, alongamentos, jogos, ou brincadeiras com quem estiver em casa. Esta é a hora de sermos criativos pensando em ideias para tornar nossa casa aquele lugar múltiplo. O aspecto principal destas, é que cada uma deve funcionar para a integração mente-corpo. Nesta situação de distanciamento social, a rotina das crianças fica alterada, pelas restrições de correr, pular e brincar.  Isto pode se tornar uma cilada infernal.

Proponho encontrar uma forma de manter suas crianças ativas, ou pelo menos fazendo atividades que propositalmente integrem seus corpos e mentes. Se a atividade física não for possível, porque você mora num apartamento pequeno, ou porque você está de “home office”, brincadeiras de relaxamento (dependendo da idade das crianças) e alongamento podem ser ótimas alternativas. Procure verificar se elas estão focadas em sua respiração e na percepção física de seus corpos. Precisamos encontrar estratégias para ativar nossas mentes e a de nossos pequenos para que façam esta integração. 
E como fazer isso com melhores resultados? Segundo alguns estudos, é importante que seus filhos tenham uma, se não duas “doses” disto ao dia.  Uma “dose” pode durar apenas 15 minutos.  Agora cabe colocar que tudo o que fazemos junto aos nossos pequenos deve vir com aquela pitada especial de afeto, e de carinho. Além disso, o entusiasmo, a animação, apesar do estresse pelo qual estamos todos passando, são ingredientes fundamentais. Procure aquele lado divertido dentro de você e compartilhe com o seu filho, e você vai se surpreender com o resultado! Você vai descobrir que além de compartilhar momentos inesquecíveis com eles, você também vai se sentir melhor pelo momento em conjunto, o qual vai lhe tirar a mente das suas preocupações também! Afinal todos ficamos melhor quando estamos nos sentindo equilibrados, amados e atendidos!
Obs.: O mesmo se aplica aos adultos! Tire 15 minutos do seu dia para você!

Texto escrito pela Psicóloga Clínica Karina Brodski.

[email protected]a.com.br

Mari Weckerle é arquiteta, gaúcha e especialista em gastronomia saudável! É a Criadora da Plataforma Digital Guria Natureba e curadora da SOW!

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.