Home / Beauty  / Aromaterapia para a Saúde da Pele: conheça os principais óleos para o tratamento de dermatites e da psoríase.

Aromaterapia para a Saúde da Pele: conheça os principais óleos para o tratamento de dermatites e da psoríase.

Dando sequência ao nosso tema do cuidado da pele através da aromaterapia, hoje queremos falar com vocês de dois problemas muito comuns entre as mulheres: as dermatites e a psoríase. Será que os Óleos Essenciais

Dando sequência ao nosso tema do cuidado da pele através da aromaterapia, hoje queremos falar com vocês de dois problemas muito comuns entre as mulheres: as dermatites e a psoríase. Será que os Óleos Essenciais são eficazes para lidar com esse tipo de problema? Descubra neste post!

Dermatite X Psoríase

Primeiro, é preciso diferenciar as dermatites e a psoríase. Apesar de serem muito similares, elas são diferentes. Quando a dermatite se apresenta, ela gera coceira intensa, deixando a pele vermelha e irritada e até, por vezes, desenvolvendo placas. Já a psoríase, além de apresentar esses mesmos sintomas,  também faz com que a pele fique com a sensação de que “está queimando”. Além disso, as manchas avermelhadas da psoríase têm uma delimitação mais nítida que as da dermatite. 

Existem diferentes tipos de dermatite, como dermatite atópica, seborreica, herpetiforme, ocre, alérgica, esfoliativa (dentre outras). 

Naturalmente, para um correto diagnóstico, é recomendado que você busque um profissional de saúde especializado neste tipo de problema. Abaixo, iremos focar no problema da psoríase e apresentar alguns óleos eficazes para este problema. Eles também servirão para diversos tipos diferentes de dermatites. 

Psoríase e Aromaterapia

A palavra “psoríase” vem do grego PSORA, que significa “coceira”. A psoríase é uma doença de pele autoimune e crônica que causa inflamação e descamação cutânea. Segundo pesquisa de 2017, estima-se que 5 milhões de brasileiros sofram com a psoríase.

Em linguagem técnica, diz-se que a psoríase apresenta uma hiperproliferação simultânea da epiderme, tecidos vasculares e fibroblastos, o que configura um quadro inflamatório agudo. A inflamação é uma característica fundamental da psoríase. A comunidade científica ainda não compreendeu com clareza a origem desta doença, no entanto, a compreensão do processo psoriático vem melhorando.

Este processo parece indicar que a doença vem à tona apenas após ser acionado por outros fatores. Os gatilhos conhecidos incluem: infecções bacterianas dermatológicas e sistêmicas, eventos estressantes, clima frio, luz solar, álcool e trauma físico. A Psoríase é considerada uma doença multi-fatorial, com raízes genéticas.

Além disto, já é conhecido o fato de que, para algumas mulheres, a psoríase melhora significativamente durante a gravidez, mas há uma recaída no período pós-parto. Isso sugere um fator hormonal na doença, que ainda não foi totalmente pesquisado e explicado.

Ao longo desta semana, traremos uma série de posts a respeito da psoríase com o foco em como a Aromaterapia pode auxiliar a lidar com ela. Conhece alguém que sofre com psoríase ou precisa destas informações? Marque aqui ou envie este post.

Em um artigo intitulado “Psoriasis and Aromatherapy”, a pesquisadora Janetta Bensouilah fez um apanhado geral acerca do uso de Óleos Essenciais como recursos para lidar com a psoríase.

Neste artigo, a estudiosa afirma que pesquisas onde o uso bem-sucedido dos Óleos Essenciais como cura eficaz para a psoríase crônica ainda são “virtualmente inexistentes”. Ainda assim, ela acredita que os Óleos Essenciais podem ter um importante papel ao tratar os sintomas da psoríase, ao mesmo tempo em que trazem alívio psicológico ao paciente. Diz ela: “Para planejar um tratamento eficaz, é necessário avaliar cada caso individualmente, tomando especial cuidado para não ignorar o impacto psicológico da condição”.

Com o objetivo de atender a esta demanda dupla (alívio dos sintomas e suporte psicológico), a autora indica alguns Óleos Essenciais capazes de oferecer este efeito:

OE de Olíbano (Boswellia carteri);

OE de Camomila Romana (Chamaemelum nobile);

OE de Cistus(Cistus ladaniferus);

OE de Mirra (Commiphora myrrha);

OE de Palmarosa (Cymbopogon martinii);

OE de Immortelle (Helichrysum italicum);

OE de Lavanda Maillette (Lavandula angustifolia);

OE de Camomila Alemã (Matricaria recutita);

OE de Gerânio (Pelargonium graveolens);

OE de Patchouli (Pogostemon patchouli);

OE de Rosa (Rosa damascena);

OE de Sândalo (Santalum álbum).

Segundo Janetta Bensouilah, a meta mais importante a ser alcançada através destes Óleos Essenciais é “reduzir a inflamação” [um dos traços principais da psoríase]. Pois a redução da inflamação atua de modo benéfico nos demais sintomas. Por isso, a lista acima inclui uma série de óleos tradicionalmente usados para questões inflamatórias e que também exercem efeitos psiquícos que visam dimunir o estresse.

Administrando a psoríase através dos óleos essenciais

Em um estudo denominado “Usando a Aromaterapia na administração da Psoríase”, a professora Debrae Walsh examinou o uso de Óleos Essenciais como alternativa para administrar a psoríase no contexto da enfermagem.

O conceito de “administração” parte da constatação de que “não há cura para a psoríase e o manejo visa manter a condição em um nível aceitável para o indivíduo. O tratamento geralmente é tópico e de longo prazo. A psoríase vai mostrar períodos alternados de remissão e exacerbação, com tratamento mais eficaz durante um período de deterioração”.⠀

Sendo assim, a autora remata: “a aromaterapia não cura a psoríase, mas pode:

Reduzir a coceira e a pele seca;

Reduzir o estresse ;

Promover (criar condições favoráveis) a cura quando a condição deteriorar;

Induzir o relaxamento e o sono tranquilo;

Promover uma sensação geral de bem-estar”.

Para tanto, Debrae Walsh recomenda os seguintes óleos:

Bergamota (Citrus Bergamia): Antidepressivo, Antisséptico, ajuda na cicatrização das placas [de psoríase];

Lavanda (Lavandula angustifolia): Analgésico, Antisséptico, Bactericida, Sedativo Hipotensivo, Antiinflamatório, reduz a coceira excessiva;

Melissa (Melissa Officinalis): Antidepressivo, Hipotensivo, [bom para] pele Irritada;

Jasmim (Jasminum Officinale): Antidepressivo, Sedativo, Relaxante, [bom para] pele seca, irritada e sensível;

Gerânio (Pelargonium Odarantissimum): Estimula a granulação de feridas abertas, Antidepressivo, Desintoxicante, Diurético, [bom para] pele seca e irritada;

Sândalo (Santaium Album): Antidepressivo, Antisséptico, [bom para] pele desidratada, inflamada e sensível”.

Óleos Vegetais para psoríase

Além dos Óleos Essenciais mencionados nos posts anteriores, alguns Óleos Vegetais (ou carreadores) também podem ser benéficos em situações de psoríase.

Segundo a professora de enfermagem Debrae Walsh, muitos dos Óleos Vegetais possuem suas próprias qualidades terapêuticas. Dentre eles, ela indica os seguintes:

Óleo de Abacate (Persea gratíssima): adequado para pele seca, escamosa e envelhecida;;

Óleo de Amêndoa Doce (Prunus amygdalus):ajuda a aliviar a coceira, secura e inflamação na pele sensível e irritada.

Mais alguns óleos essenciais úteis

Óleos Anti-inflamatórios:

Camomila Alemã (Matricaria recutita);

Camomila Romana (Chamaemelum nobile);

Lavanda Maillette (Lavandula angustifolia);

A redução da inflamação atua de modo benéfico nos demais sintomas da psoríase.

Óleos de efeitos específicos:

Bergamota (Citrus Bergamia): Antidepressivo, Antisséptico, ajuda na cicatrização das placas [de psoríase];

Jasmim (Jasminum Officinale): Antidepressivo, Sedativo, Relaxante, [bom para] pele seca, irritada e sensível;

Gerânio (Pelargonium Odarantissimum): Estimula a granulação de feridas abertas, Antidepressivo, Desintoxicante, Diurético, [bom para] pele seca e irritada;

É sempre importante lembrar quão fundamental é consultar um Aromaterapeuta, caso você padeça de psoríase ou outros problemas e queira tratar-se através dos Óleos Essenciais. O conteúdo aqui compartilhado tem caráter informativo e não prescritivo.

FONTES:

Bensouilah, J. (2003). Psoriasis and aromatherapy. International Journal of Aromatherapy, 13(1), 2–8.

Stücker, M., Memmel, U., Hoffmann, M., Hartung, J., & Altmeyer, P. (2001). Vitamin B12 Cream Containing Avocado Oil in the Therapy of Plaque Psoriasis. Dermatology.

Walsh, D. (1996). Using aromatherapy in the management of psoriasis. Nursing Standard, 11(15), 53–56. doi:10.7748/ns.11.15.53.s68 “

Editorial Oshadhi

Alguma dúvida?

Entre em contato: [email protected] 

Quer encontrar todos os óleos mencionados nesse texto?

Acesse: https://oshadhi.com.br/

Quer conhecer mais de Aromaterapia?

Siga: @oshadhi_aromaterapia

O @sow.gn é uma curadoria da Mari Weckerle, a @gurianatureba.

Você já nos segue no Instagram? Confere os outros posts, você vai amar!

Clica aqui para conferir outros posts sobre beleza.

POST TAGS:

[email protected]

Excelência alemã, coração brasileiro | Maior variedade de óleos essenciais e hidrolatos orgânicos | @oshadhi_aromaterapia

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta