Home / Pelo Mundo  / Minha experiência na Amazônia

Minha experiência na Amazônia

Certa noite eu estava fazendo uma Live no Instagram com o Felipe Vilella da Renature, sobre as queimadas da Amazônia e ele comentou que estava organizando uma viagem para a Amazônia com um grupo de


Certa noite eu estava fazendo uma Live no Instagram com o Felipe Vilella da Renature, sobre as queimadas da Amazônia e ele comentou que estava organizando uma viagem para a Amazônia com um grupo de 12 pessoas para Agroflorestar!
Ele já tinha me explicado uma vez sobre o que era Agrofloresta mas eu estava por fora.
Minha mãe, que estava assistindo à Live falou “eu quero ir”! Então quando abriram as inscrições para o Change Makers Amazônia, eu comprei as vagas e começamos a preparação pré Amazônia!
Queria muito viajar com a minha mãe, ela é super aventureira e ama conhecer culturas diferentes. Sabia que seria a companhia perfeita!

A mãe e eu na Cachoeira Santuário | Foto: Cecília Rechden


Nesse grupo tinham pessoas de diferentes áreas: desde fisioterapia, biologia, engenharia, publicidade até o pessoal que tava lá pela Agrofloresta mesmo, para aprender mais e colocar em prática pelo mundo! Brasileiros, uma japonesa, francesa, húngara….

Foto: Cecília Rechden


Nunca foi tão difícil fazer uma mala. Sou zero camping, não tenho bota, barraca, lanterna, calça apropriada… não queria comprar coisas só pra essa trip pra não praticar o consumismo mesmo. Praticando o minimalismo eu coloquei na mala o que eu tinha e partiu Floresta!
Nos encontramos em Manaus e fomos todos de van até Presidente Figueiredo onde fica a Amazon Emotions, o local onde nos hospedamos. Antes disso, fizemos uma parada estratégica no Santuário, uma cachoeira incrível que serviu pra gente já entrar no clima e dar uma refrescada. Ô lugar quente!

A Amazon emotions https://www.amazonemotions.com é um lugar mágico, de uma família surreal e totalmente Amazônica! Vanessa é Venezuelana, casada com o Léo, francês!

Além dos muitos amigos que vivem por lá, eles têm 3 filhos que são autodidatas no assunto que mais gostam… um deles é mais ligado a Arte mas também é o padeiro da família, o outro ama Matemática e conhece cada canto daquele lugar. Tira o coco do pé, abre ele e faz o leite na hora. Tem uma habilidade incrível pra fazer óleos essenciais e queijos veganos. A Quena, a mais nova, faz o açaí quando tem vontade. Sobe na árvore com uma faca entre os dentes, corta o galho e faz todo o preparo. Ali nada é forçado. Cada um faz o que quer e vai descobrindo o seu dom pessoal.


Não é qualquer grupo que se hospeda no Amazon Emotions. Eles trabalham com Ecoturismo então precisa fazer sentido pra eles, levar turistas pra lá. Tenha um propósito, monte seu grupo, contrate um guia e então tenho certeza que vai rolar!
O grupo que foi na semana seguinte a nossa, era de pesquisadores japoneses que faziam busca por cogumelos comestíveis na floresta Amazônica.

Continuando… Tínhamos uma programação de 7 dias sendo 3 de Agrofloresta. O objetivo era agroflorestar uma área do terreno deles plantando alimentos que eles consomem como pimentas, moringa, canela, banana, abacaxi, bacaba, macaxeira e etc.

Nos demais dias intercalamos com trilhas pela floresta, escalada em árvores e até uma festa com fogueira e acampamento no meio do mato.
A árvore que escalamos de chama Princesa, tem 55 metros de altura e mais de 300 anos! Foi incrível estar com a minha mãe nessa aventura!
O acampamento no meio do mato foi incrível, depois de uma trilha de 2 horas em mata fechada, chegamos num lugar onde penduramos nossas redes, fizemos comida e jantamos todos juntos! Foi incrível dormir nesse lugar.

 
Você deve estar se perguntando o que é Agrofloresta, correto?
Nas palavras do Felipe Vilella, “Agrofloresta é um sistema que reúne as culturas de importância agronômica em consórcio com a floresta. Um sistema agroflorestal é um sistema de plantio de alimentos que é sustentável e ainda faz a recuperação de uma floresta.”
Nas minhas palavras, o sistema de plantio respeita as alturas e espaçamentos que as plantinhas precisam. Uma proporciona sombra pra outra, há uma troca de nutrientes no solo e a plantação diversificada num mesmo ambiente resulta em um ambiente rico, com uma biodiversidade enorme e cheio de vida.
E porque eu escolhi Manaus?
Na verdade Manaus me escolheu! O projeto foi desenvolvido lá, em Presidente Figueiredo, um cantinho no meio da imensidão da Floresta Amazônica! Foi bem interessante pois nunca tinha visitado o Norte do país e estava louca pra conhecer os hábitos, costumes e cultura alimentar desse lugar.
Como meu objetivo aqui não é falar apenas sobre Agrofloresta e sim sobre a experiência, vou para as dicas mais turísticas pois sei que vocês curtem.
Locais para visitar:

  • Teatro Amazonas (procure saber a agenda do teatro! Há eventos gratuitos lindos de ver)
  • Ponta negra (no final do dia, especialmente no final de semana)
  • Mercado público
  • INPA
  • MUSA
  • As cachoeiras de Presidente Figueiredo
  • Passeio de barco encontro das águas
  • Trilhas na floresta (faça contato com o melhor Guia turístico de Manaus, o Samuel: 015 92 99248-1295!


Experimente:

  • Açaí puro
  • Sorvetes Glacial (peça sabores do norte)
  • Caxiri (restaurante em frente ao Teatro Amazonas)
  • Tacacá da Gisele (na Praça do Teatro)
  • Tucupi de Banda (na Praça do Teatro)


Onde se hospedar:

  • Local Hostel (próximo a praça)
  • Saint Paul hotel (nada demais mas limpo e bem localizado)
  • Airbnb (dependendo do período que você for ficar, vale muito a pena. Sou a maior fã de Airbnb e vocês que me seguem têm R$130,00 de desconto clicando nesse link: https://abnb.me/e/wE3H4UAhh2 Lembrando que o desconto vale apenas para novos usuários!)

Vôos:

  • Procure fazer voos com poucas escalas. Quanto menos subidas e descidas, menos emissões de gases na atmosfera e menos poluímos o meio ambiente.

Como se locomover:

  • Uber

É caro?

  • Nada muito diferente dos lugares turísticos do Nordeste.

Contrate um guia!

  • Não é qualquer pessoa que conhece a mata! Sabemos que as vezes, guias turísticos podem ser uma grande roubada, não é mesmo? Por isso eu indico o Samuel! Nossa experiência foi incrível. Conversamos muito sobre a trajetória dele e soube por outros meios que ele é seu irmão são os dois melhores guias de Manaus. Nasceram numa aldeia indígena, tem um feeling apurado que os diferencia de qualquer pessoa comum! Recomendo fortemente. Contate-o pelo WhatsApp 015 92 99248-1295


E aí, curtiram as dicas da viagem?
Quem for pra lá e seguir minhas dicas, me conta pois vou amar saber!

[email protected]

Mari Weckerle é arquiteta, gaúcha e especialista em gastronomia saudável! É a Criadora da Plataforma Digital Guria Natureba e curadora da SOW!

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.