Home / Lifestyle  / Mindfulness: presença, escolha e liberdade

Mindfulness: presença, escolha e liberdade

Você já deve ter escutado que a meditação é uma prática extremamente saudável e até que pessoas de alta performance trazem esta atividade como um dos hábitos dentro dos seus “ingredientes de sucesso”. E talvez

Você já deve ter escutado que a meditação é uma prática extremamente saudável e até que pessoas de alta performance trazem esta atividade como um dos hábitos dentro dos seus “ingredientes de sucesso”. E talvez também você tenha tentado sentar para não pensar em nada ou enxergar a “tela em branco”, mas pode não ter funcionado e você desistiu? 
Quem nunca?
E é aí que surge Mindfulness! A Instrutora de Mindfulness e Autoconhecimento Bianca Kiszewski fala sobre o assunto no texto que escreveu para o site.

Mindfulness é um convite a  estar atento ao momento presente, no agora, com atenção plena, entrando em contato com tudo que há neste instante.
Repare neste instante em que lê este texto, quais sons estão surgindo aí no seu ambiente? Qual a temperatura e as sensações ou emoções que estão aí contigo? E os pensamentos? Tudo isso que estiver presente é bem vindo, porque é justamente isso que te conecta com o agora!
Afirmo ser libertador a possibilidade de se conectar com o agora porque se você estava “colado” em algo do passado, neste momento saiu dele, ou, se você estava preocupado com o amanhã, com o próximo mês, também saiu lá, do futuro e retornou para onde a vida realmente acontece e onde você tem poder de escolher algo a ser feito.
Estar presente, com atenção no aqui e agora é tudo isso, liberdade, escolha e presença pra vida que passa e que “escorre pelas mãos, mesmo sem se sentir” como canta Lulu Santos.

 Talvez seja importante compartilhar que a meditação transforma a nossa SAÚDE!
Conforme estudos, as práticas meditativas promovem a desaceleração ou prevenção do envelhecimento da região responsável pela memória e tomada de decisões. É um convite a lembrar dos caminhos percorridos, refeições, onde estão as chaves e até o seu telefone, além de ser uma prevenção ao envelhecimento…poderia já parar por aqui né?! Benefício precioso!
Além disso, há o aumento da área responsável pela aprendizagem, memória e regulação da emoção. Aqui falamos daquele momento em que nos damos conta das nossas emoções e nos relacionamos com elas sem aumentar nossos sofrimentos. Sim, ninguém vive só de alegrias e aprender a se relacionar com tristeza, raiva e surpresas é beeem saudável.
E por fim, maior atividade na área responsável pela empatia e também compaixão. Melhorar as relações, inclusive com pessoas que desafiam a sua paciência, é uma prática saudável para você, sabia?
Adotar um estilo de vida mindfulness seria o equivalente a comer saudável e praticar atividades físicas para a sua mente.  E isso é super possível adotando práticas meditativas formais (onde você tira um tempinho para meditar) e práticas informais (quando você repara no cheirinho do seu cafezinho ou no aroma da sua comida). É meditação para uma vida bem real, no trânsito, no trabalho, na academia e também em casa.
Quer saber mais? Programas de qualidade de vida baseado em mindfulness ensinam como incorporar tudo isso na rotina.
Texto escrito pela Instrutora de Mindfulness e Autoconhecimento Bianca Kiszewski.

[email protected]

Mari Weckerle é arquiteta, gaúcha e especialista em gastronomia saudável! É a Criadora da Plataforma Digital Guria Natureba e curadora da SOW!

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.