Home / Lifestyle  / Gestação e atividade física

Gestação e atividade física

Grávidas devem praticar atividades físicas? A Fisioterapeuta Juliana Weckerle escreveu sobre o assunto para o site. Olha só!   Meu nome é Juliana, sou fisioterapeuta, proprietária do Studio Benefit e trabalho com Pilates há 8 anos e

Grávidas devem praticar atividades físicas? A Fisioterapeuta Juliana Weckerle escreveu sobre o assunto para o site. Olha só!
 
Meu nome é Juliana, sou fisioterapeuta, proprietária do Studio Benefit e trabalho com Pilates há 8 anos e estou finalizando minha formação em Osteopatia. 
Agora estou no sétimo mês de gestação e quero esclarecer algumas dúvidas que geralmente as gestantes tem nesse período em relação à prática de atividade física e cuidados com o corpo. 

1- Grávidas podem praticar atividades físicas?
Se estiver tudo bem com a gestante e com o bebê, não só podem como devem! 
A prática de atividade física na gestação é muito importante, não só por todos os benefícios à gestante, mas também ao bebe, que  através da placenta recebe a endorfina, hormônio do relaxamento que promove a sensação de bem estar . 
 
2- Que tipo de atividades a gestante pode praticar e quais precisa evitar?
Exercícios de alto impacto  e que acelerem muito os batimentos cardíacos não são recomendados nessa fase. 
O Pilates é muito indicado por não ter impacto e por trabalhar musculaturas importantes que serão sobrecarregadas ao longo da gestação. É uma atividade que utiliza o peso do próprio corpo, junto com a tensão de molas para a realização do exercício . Além da capacidade respiratória, melhora a qualidade do sono , trabalha muito a musculatura perineal (pré e pós parto) e postural da mulher.  
Lembrando que sempre é importante verificar com o(a) médico(a) obstetra se você pode iniciar ou continuar uma atividade.  
 
3- Por que é tão falado em alterações no assoalho pélvico na gestação? Como isso ocorre?
O assoalho pélvico é um conjunto de musculaturas responsáveis pela sustentação da região da pelve. Ele sustenta órgãos e funciona como uma ‘’cama elástica’’ durante a gestação, por isso é tão importante que ele esteja preparado e que seja fortalecido para esse trabalho em excesso que irá realizar ao longo dessa fase. 
A fraqueza dessa musculatura pode ser o motivo de constipação e escapes de urina, incontinência urinária, bexiga hiperativa, e quando isso agrava muito, pode ter como consequência o deslocamento de órgãos dessa região.
Além disso, ter uma boa consciência corporal do assoalho pélvico pode ser muito útil na hora do parto, 
 
4- O Pilates ajuda a diminuir as dores e desconfortos lombares e sacroilíacos que a gestação desenvolve ou agrava?
Ajuda e muito! Disfunções são frequentes nessa região pela alteração estrutural que ocorre no local e pela sobrecarga que só aumenta a cada semana, por isso o Pilates além de fortalecer toda essa musculatura , alonga e mobiliza muito , e assim resulta em bastante alívio para a mamãe. 
 
5- O que é a diástase abdominal e como posso evitá-la?
Durante a gestação é normal que ocorra o afastamento entre os músculos reto abdominais. Entre esses músculos existe um tecido fascial que conforme a barriga cresce, ele se distende podendo chegar até 3cm sem que haja danos ao equilíbrio muscular no tronco. Após a gestação ela volta ao normal e alguns meses e não causa maiores danos. Isso é chamado de diastase fisiológica. 
Quando a diástase é maior que 3cm, é chamada de patológica e acaba causando alguns danos, como dor lombar, e flacidez abdominal.
Pode ocorrer devido ao baixo tônus muscular, gestações gemelares, multiparidades, etc. 
Podemos evitá-la trabalhando a musculatura profunda do abdome e cuidando na realização dos exercícios e no dia a dia para evitar a sobrecarga nesse tecido. Também podemos ajudar a resolver esse problema no pós parto com exercícios e cuidados específicos para esses casos. Por isso o acompanhamento de um profissional qualificado durante a pratica de exercício físico é tao importante. 
 
6- Preciso trabalhar minha musculatura perineal mesmo optando pela cesárea?
Sim!!
Independente do tipo de parto, o assoalho pélvico é sobrecarregado gradualmente com o decorrer da gestação e com isso a mulher fica mais propensa a desenvolver disfunções.

Pilates na gestação é tudo de bom!! 
Faz bem para o bebê, para a mamãe, para o corpo e para a mente! 🙂 
 
Texto escrito pela fisioterapeuta Juliana Weckerle.

[email protected]

Mari Weckerle é arquiteta, gaúcha e especialista em gastronomia saudável! É a Criadora da Plataforma Digital Guria Natureba e curadora da SOW!

Visão geral da revisão
SEM COMENTÁRIOS

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.