Home / Pelo Mundo  / De motorhome por Yosemite Park e Lake Tahoe

De motorhome por Yosemite Park e Lake Tahoe

  [caption id="attachment_957" align="alignnone" width="844"] A trupe e o Motorhome[/caption]   QUEM NUNCA SONHOU EM FAZER UMA VIAGEM DE MOTORHOME COM AS AMIGAS? Essa era uma das viagens que nós tinhamos em mente antes de virmos morar na California.

 

A trupe e o Motorhome


 

QUEM NUNCA SONHOU EM FAZER UMA VIAGEM DE MOTORHOME COM AS AMIGAS?

Essa era uma das viagens que nós tinhamos em mente antes de virmos morar na California. Um dia de bobeira, conversando em casa sobre viagens e lugares para conhecer surgiu a ideia, “vamos viajar de motorhome?” A resposta foi unânime e espontânea de todas: “Siim!”. Então, assim que começou nossa viagem e terminou da mesma forma, sem muitos planos, mas com muita vontade e entusiasmo.

Em meio a essa empolgação, apontamos o dedo pro mapa e decidimos os destinos, eram eles: Yosemite e Lake Tahoe. A programação era justamente não ter programação, só sabíamos os destinos, que havíamos recém decidido e como chegaríamos lá, de Motorhome. Entretanto, o caminho até lá, como era viajar e dirigir um Motorhome, o que faríamos por lá e, inclusive onde dormiríamos, foi sendo decidido ao longo da viagem conforme as situações aconteciam.

Entre imprevistos, problemas e dilemas, nossa viagem foi guiada pelo sentimento de que eles poderiam acontecer, mas não iam nos preocupar! Sobrevivemos e vivemos como nunca estes dias!

Experiência com acampamento, animais na pista, fogueira, camping e motorhome também partiam do zero. Mas quem precisa de experiência quando se tem coragem de sobra?

Motorhome

ALUGANDO O MOTORHOME: O primeiro passo então foi alugar o motorhome, nós pesquisamos em vários blogs as melhores empresas e econtramos a Cruise America, não sei se é a mais barata, mas era a que tinhamos melhores referências. No site da empresa mesmo você consegue simular valores das diárias,  ver o que está incluso ou não.

O periodo mínimo são três diárias. Nós alugamos o motorhome para 5 pessoa, chamado de Standard, também há opções para 3 ou 7 pessoas. O valor para quatro noites ficou: $354. Não há taxas para seguros e qualquer maior de 25 anos pode dirigir o Motorthome. Caso queira adicionar um motorista que seja menor de 25 anos, é cobrado uma taxa de $75.

A empresa cobra por milhas, isso que encarece um pouco mais a viagem, mas não se compara com valor de carro gasolina + hotel. A cada milha é cobrada $0.34.
Também tem o custo de gerador que é de $3,50 por hora.
Sem esquecer que há também um deposito de segurança de $500.

Importante saber: O horário para pegar o motorhome é da 1h  às 4h da tarde e ele dever ser entregue das 8h  às 11h da manhã. Isso praticamente acaba com dois dias da viagem.

No final do post você encontra um relatório com todos os gastos da viagem.

SOBRE O MOTORHOME: Falando um pouco mais sobre motorhome, ele foi a nossa casa. Era muito bem estruturado, alugamos um para 5 pessoas chamado Standart e fomos em 4 gurias. Eram duas camas de casal, e uma de solteiro. Tudo apartetadinho, claro. Uma das camas de casal fica em cima do motorista, a outra logo depois da pia e a outra era preciso desmontar a mesa para montar a cama de solteiro. No motorhome também tinha microondas, fogão, geladeira, frizzer, pia, privada e chuveiro. Nós cozinhávamos, lavavamos a louça, tomávamos banho tudo lá mesmo.

O motorhome vem vazio, não tem utlensilios de cozinha, lençol, travesseiros, nada. Há a possibilidade de você alugar kit de cozinha por $100, nele vem panelas, pratos, garfos facas, baldes e o kit de dormir por $55 vem toalha, lençol, travesseiro, essas coisas..

Nós, como vocês devem imaginar, levamos tudo descartável pra não precisar ficar lavando louça. Levamos também panelas e facas de cerra caso fosse necessário. Não esqueça de panos para manter o motorhome limpo, vassoura e um tapete pra colocar na entrada, o que evitará carregar sujeira para a “sala da casa”! Nós esquecemos de tudo isso, claro, mas acabamos nos virando.

O FUNCIONAMENTO: Quando pegamos o motorhome o funcionário da empresa nos explicou o funcionamento, tudo parecia simples, era preciso ligar o aquecedor meia hora antes para aquecer a água na hora de tomar banho, era preciso ligar o disjuntor para as acender as luzes, fornece energia para as tomadas e para o microondas, enfim, tudo parecia normal. Mas só aprendemos mesmo como funcionava no dia dia quando precisamos de algo hehe.

Ok instruções dadas, partiu estrada.

COMO DIRIGIR: Se é facil dirigir um motorhome? Olha, se você está costumado a dirigir caminhões é moleza, mas se você é acostumados com carros vai estranhar bastaste. Além de ser enorme, pesado, as marchas são junto da direção, o freiro é duro, não existe espelho retrovisor e faz muito, mas muito barulho. A primeira curva que fizemos resultou em copos, sacolas, celulares no chão e o pior, porta da geladeira aberta com nossas comidas rolando pelo motorhome. Mas nada que em 1700 milhas de estrada você não pegue o jeito, como por exemplo, “travar” a porta da geladeira, tirar tudo de cima das bancadas, trancar a porta da geladeira e tomar cuidado quando for abrir.

Dirigindo a nave!

MAIS DETALHES: O plano então era Yosemite, olhamos no mapas a distância daria em torno de 6 horas de San Diego até lá. Isso para carros normais, mas de motorhome calcule mais 3h. Além de paradas para gasolina e reabastecer aguaLápis️ (vírgula), é preciso ir muito devagar. Com paradas para abastecer e dar uma olhadinha nas lojas de beira de estrada, a nossa viagem durou aproximadamente 9h.

​GASOLINA: Sobre gasolina, nós calculamos consumo baseadas num carro normal, mas no final deu exatamente o dobro. Afinal, quem aqui é expert em Motorhome? Ele bebe gasolina e esse foi um fator que encareceu a viagem. Porém, se você fosse reservar hotel, alugar carro e ainda pagar pela gasolina, gastaria muito mais. Fora que viajar nesse “caminhão” é uma baita aventura, acreditem!

ONDE PARAR: 

Camping

Uma coisa bem importante é que você não pode estacionar o motorhome em qualquer lugar, há camping específicos para isso, mais uma coisa que nós só aprendemos na prática também. Chegamos lá, todos os camping estávamos lotados, mas com jeitinho brasileiros conseguimos estacionar sem sermos notada (se é que isso é possível) e dividir a vaga com o pessoal que estava ocupando . Nós fomos sem reservar nada, sem nem saber onde iríamos dormir cada noite. Porém seguindo a recomendação: “faça o que eu digo não faça o que eu faço”, é bom deixar reservados todos os campings pelo caminho, para quando começar a anoitecer, não ficar naquele nervosismo sem saber onde parar para dormir.

Nesse site você consegue reservas todos os camping no caminho:

– KOA

– Recration

Alguns camping são mais estruturados que os outros, alguns tem banheiros, chuveiros, recargas de eletricidade, por isso a diária varia de $20 a $40.

 A VIAGEM:
Little Beach

A viagem foi bem tranquila até nos aproximarmos de Yosemite Park pois não tinhamos ideia de que não teríamos sinal de celular por lá, ou seja, adeus GPS. Para quem se prepara para a viagem, é bom levar um mapa tradicional das estradas, sim, aqueles de papel mesmo, assim não vão acabar vagando sem muita certeza como foi o nosso caso, mas, por sorte, conseguimos chegar ao lugar certo.

Dica: leve GPS por satélite pois app como Google maps ou Mapas do celular não pegam por lá, alias nem sinal de telefone pega por lá, Foi ai que bateu o nervosismo, 5 dias sem internet. Ou pior, sem Facebook, Instagram, Snapchat, sem dar uma ligação. Sim, isso foi o mais difícil da viagem, acreditem! Embora tenha sido um desafio deixar toda essa tecnologia de lado, teve o lado bom de poder desfrutar de todos os momentos que vivemos e dar valor á interação de verdade, ao vivo, foi ótimo! hehe Depois do 2 dias nervosas sem dar notícia pra ninguém, andamos pelo Park, achamos um telefone público e conseguimos avisar a família que estava tudo bem.

Voltando a nossa chegada no Park…

Eram 2horas da manhã, sem celular, sem internet, sem mapas, sem nada, não saibamos aonde estávamos e nem onde iríamos dormir. Pela estrada só havia nós, árvores, muitas árvores, placas de cuidado com ursos na pista e a luz da lua. A estrada, era estreita, cercada de árvores, curvas e precipícios sem proteção. Pensando assim não parece tão ruim, mas quando você se depara com o tamanho de um Motorhome (que sai da pista a qualquer leve movimento da direção), as coisas ficam um pouco mais tensas. Depois de algumas milhas andando encontramos um camping  “sold out” que dizia que estava lotado, simplesmente ignoramos e pensam é aqui mesmo. “Estacionamos” e nem o barulho dos lobos atrapalharam nosso sono, apagamos por lá mesmo. Lá pelas 6 da manhã descemos e vimos que tinhamos abandonado o motorhome no meio da passagem de carros e dentro da vaga de outra pessoa, mas beleza, conseguimos um mapa e seguimos viagem, afinal, somos meninas, estrangeiras e principiantes. Dá um desconto, vai?

A Madrugada e a Estrada Deserta

Por isso, insistimos com a dica de que é importante reservar os camping antes de ir, além de dar mais segurança em relação ao planos de viagem, eles quase sempre estão lotados. Como nós chegamos as 2h da manhã, simplesmente entramos e dormimos clandestinamente por lá mesmo. Isso foi uma lição, mas  o fato se repetiu quase todas as outras noites.. hehehe

A melhor forma de se orientar dentro do parque é por mapas, você consegue um desses em qualquer camping, centro de informações ou posto de gasolina por lá. Acredite, apesar de toda a tecnologia do mundo de hoje, quando o assunto é acampar, nos deparamos com uma série de conhecimentos antigos ou até mesmo primórdios que fazem toda a diferença, isso mesmo, temos que nos desacomodar do conforto da nossa casa.

Outra dica: Postos de gasolina na entrada do Park são caríssimos, encontramos gasolina por $4,29 o galão enquanto em áreas mais afastada tava $2,49.

YOSEMITE PARK:

O Yosemite Park  é um parque nacional incrível cheio de cachoeiras, trilhas espetaculares, árvores gigantes e vistas de cair o queixo. Uma viagem inesquecível e um dos lugares mais maravilhosos que já visitamos.

Cela e Mari

Existe uma área chamada Yosemite Valley é a parte melhor esruturada do Park, lá você encontra hotéis, cabanas, posto de gasolina, supermercado, posto de gasolina e oficina, ou seja, civilização.
A área é simplesmente incrível com várias opções de trilhas, cachoeiras e lagos. Realmente é maravilhoso, mas não deixe de visitar as áreas fora do Valley também, elas são incríveis.

Mapa do Parque

As placas de ursos estavam por toda a parte, de diversos formatos e formas, com diversos dizeres e recomendações, ursos filhotes, ursos maiores, família urso, enfim, estávamos bem avisadas. Em toda  área há orientações para não deixar comida visível e nem dentro do veículo. Em todo lugar você encontra containers de metal que isolam o cheiro da comida, tudo isso para não atrair ursos. As pessoas que moram por lá garantem “ursos sabem arrombar portas como ninguém” heheh

As placas indicam a presença dos Ursos

Nós fomos na cachoeira chamada Vernal Fall. Caminhamos por cerca de 3milhas e, chegando lá, vimos um contraste de mármore com água cristalina e um arco iris no meio de toda esta imensidão, lindo, simplesmente encantador.

Fe, Mari e o Arco Íris

Na saída do park estacionamos no Toulumne Meadows, lugar perfeito para nosso ultimo cafe da manhã em Yosemite!

Breakfast

Acordar cedo todo mundo sabe, as vezes é difícil, especialmente se você teve um dia cheio de novidades e atividades diferentes, mais difícil ainda quando a temperatura é muito abaixo do que você está acostumado, mas temos que admitir, não foi esforço nenhum acordar de manhã cedinho todos estes dias pela manhã, cedinho, para poder curtir estas paisagens e tudo que a natureza teve para nos oferecer.

Sunrise

Na saída paramos em Lake, um lago maravilhoso que parecia um espelho. Uma mistura de lago, árvores, céu, montanhas e o melhor de tudo, foi muito inesperado, quando estávamos na estrada passando para sair do Park, nossa reação foi a mesma, parar naquele momento para poder registrar aquela vista e paisagem de cair o queixo.

Seguimos viagem para Lake Tahoe, a estrada até lá é incrível, foram aproximadamente 3h de paisagens lindas por todos os lados.

LAKE TAHOE:

Lake Tahoe é incrível, uma cidade que funciona ao redor do lago. Sao 116 km de Cheio de hotéis, casinhas, campings por toda a volta, muito mais estruturado e turística do que Yosemite. Nós fomos no verão então não as estações de ski não estavam abertas, mas a cidade é famosa para quem gosta de esquiar.

Lake Tahoe

Emerald Bay, é na nossa opinião o lugar mais lindo de Tahoe e merece ser visitado.

O Lago tem 105 quilómetros de extensão, vale a pena tirar o dia para fazer a voltar e parar em cada mirante pelo caminho. Também, para aquele que gostam de uma atividade física, vale a pena alugar uma bike e pedalar pelas ciclovias.

Os camping também são mais estruturados, com banheiros, chuveiros e eletrecidade.
Aproveitamos nossa ultima noite com uma clássica fogueira, marshomllons e tomando um vinho.

TEMPERATURA LOCAL: (em setembro)

A tarde é bem quente em ambos os lugares, entretanto, de manha cedinho é muito, muito frio. É preciso levar casacos, meias e  botas se voce quiser fazer trilha pela manhã. Mais uma coisa que só descobrimos chegando lá, por isso em alguns momentos a moda ficou de lado e o cobertor foi nosso acessório fashion.

No camino de volta fomos abençoada, um por do sol multicolor indescritível.

Foi um experiência mesmo incrivel de muito aprendizados e paisagens inesquecíveis!!

DICAS IMPORTANTES:

  • Leve roupas de frio e de calor, assim como roupas confortáveis para fazer trilhas longas;
  • Leve GPS com sinal via satélite, afinal não há sinal de telefone em nenhum parte do Park;
  • Leve lanterna, panos, faca e tudo que for preciso pra manter o motorhome limpinho;
  • Guarde toda a comida dentro dos containers para evitar ataque de urso. Se cozinhar troque de roupa antes de sair pelo park, para que os ursos não sintam cheiro de comida em você;
  • Reserve camping pra não correr o risco de não ter onde estacionar (Aviso: Motorhome não podem estacionar em qualquer lugar durante a noite.);

RESUMO DOS GASTOS:

  • 4 noites de motorhome: $354
  • 1.600 milhas rodadas: 0.34 x 1.600 = $544
  • Eletricidade: $24
  • Gasolina: $360

Total : $1.282,00

Dividimos por 4, ficou $320 pra cada uma. Ridículo de barato!!!

É uma baita aventura que vale muito a pena!

[email protected]

Mari Weckerle é arquiteta, gaúcha e especialista em gastronomia saudável! É a Criadora da Plataforma Digital Guria Natureba e curadora da SOW!

Visão geral da revisão
1 COMMENT
  • Avatar
    RICARDO PASQUARELLI 26 de fevereiro de 2018

    Boa tarde!
    Gostaria de saber onde vcs pararam em lake tahoe e se conhecem mais alguns campings pela região?
    obrigado e parabéns pela matéria!!!

Poste um comentário

3 + dez =